Social Icons

Pages

9 de fev de 2010

"Correr Pra quê? Emagrecer" ou "Loucuras que fazemos"

No ano de 2008 eu iniciei na corrida meio sem querer. Foi exatamente no dia dos Professores. Já que teria folga e já vinha decidida a finalmente mudar de vida, fui para a academia do campus da universidade onde trabalho, mas ela também estava em recesso. Em casa a luz havia acabado, então não dáva pra caminhar na esteira. Fiquei lá pelo campus mesmo, e achei que a caminhada estava muito sem graça. Resolvi trotar. Fiquei uma hora dando voltas pelo campus, e ao terminar eu me senti dona do mundo!
Pra demonstrar a loucura que cometi dias depois, vou publicar aqui o trecho de um post que fiz em outro blog, onde postava "anônima":

"Hoje tenho um enorme desafio pra contar pra vcs...
Eu me inscrevi em uma corrida de rua!!!!! É a 53a Corrida de Rua Henrique Archer Pinto, super tradicional aqui.
Será amanhã à tarde... Eu vi a propaganda na televisão e fiquei pensando... Fui ao dentista ontem e passaria na frente do local das inscrições. A moça que fez a minha inscrição achou que eu estava fazendo pra outra pessoa... rsrsrs. Afinal, eu devo ser a única obesa a querer participar de uma corrida de rua! Mas fiquei muito feliz porque acabo de sair da obesidade classe II para a classe I!!!!!!!!!! E pensar que quando comecei estava chegando no grau III!!! Ai, que alegria!!!!
E participar da corrida será uma nova superação!
Para treinar, hoje eu fiz 10km na esteira (é o percurso da corrida que farei). Levei 84m27s para fazer essa distância. Mas na rua o negócio é outro... Subidas, descidas, buracos, e o pior: sol!!!! E o sol da Amazônia não é brincadeira! Bem, há 3 possibilidades:
a) Eu desistir antes do final
b) Eu levar 2 hooooras pra chegar ao final, e
c) Eu pisar num buraco ou chutar uma pedra
Em qualquer uma das possibilidades, vou ficar feliz, pois não tenho nada a perder!
O meu treino de hoje serviu pra ver que eu sou capaz. Vamos ver lá na hora. Amanhã eu conto!"

Sim, eu fiz minha primeira corrida de 10km exatamente 15 dias depois que comecei a trotar. Passei de sedentária/obesa a corredora neste pequeno prazo. Pra piorar, eu fiz um "teste" pra saber se conseguiria um dia antes, na esteira... Fiz tudo isso sem saber que era loucura. Na verdade era uma superação pessoal, um desafio que fazia parte da minha meta de perder peso. Bastante tempo depois é que vim entender que precisava de treino, preparação, cuidado.

Hoje, quando alguém me pergunta como fazer para começar a correr e me questiona como eu fiz, eu conto, mas já digo de cara que comecei completamente errado. Não me orgulho do que fiz, mas entendo. Tive sorte de não ter tido nenhuma lesão, de não ter dado um revertério que me fizesse detestar a corrida e nunca mais praticar. Mas por outro lado descobri o poder que tenho sobre meu corpo e o quanto ele é resistente. Percebi como, em mim, o fator emocional supera o físico. Agora sou capaz inclusive de entender porque não senti as dores da cirurgia pós-parto. A alegria e a felicidade são analgésicos naturais.

E se eu comecei a correr com o objetivo de emagrecer, fico muito contente que tenha encontrado o caminho certo. Por esse caminho tenho superado muitas outras coisas, tenho curado vários outros males, e tenho aprendido muita coisa sobre mim e sobre outras pessoas.

Depois publico aqui o relato emocionado daquela primeira corrida. Mas já aviso: não faça isso em casa. Se quiser começar a correr, faça do jeito certo. Se já corre, lembre-se sempre de não cometer loucuras.

6 comentários:

Fábio Namiuti disse...

Olá, Cláudia.

O esporte, em particular a corrida, parece extrair de nós uma força que nem sabíamos ter. Parabéns pela sua história, pela decisão de mudar de vida e também pela importante ressalva ao final do texto. Siga em frente, rumo aos seus objetivos, aproveitando bastante cada passo dessa caminhada.

Um abraço.

Fábio

Claudio Barbosa disse...

Xará!!!! vc é mais maluca do que eu imaginava! hehehehehe
Parabéns pela tua história, é um exemplo de primeiro temos que nos dizer o que queremos e depois temos que fazer o que for preciso pra conseguir.
@barbosa_claudio

Jorge disse...

Cláudinha bom dia, vc não foi a única doida a correr este esporte maravilhoso que nós praticamos, vc começou a correr 10Kms eu logo de cara corri uma meia maratona e todos diziam a 9 anos atrás que eu não iria conseguir e não dei trela para as coisas que me falaram, fui lá no dia da meia internacional do Rio e fiz em 1h 55min...depois fui fazendo amigos e treinando certinho e hj já tenho mais de 200 corridas realizadas...Vc tem uma linda história de vida e de superação no atletismo Parabéns, com essa sua história com certeza ajudará muitas pessoas a saírem do sendentarismo vc é exemplo para muitas pessoas é isso ae esse é o espírito.
Uma boa semana e bons treinos.

PS: Notei que vc trocou o seu template, qual foi o site que vc achou este modelo.

Um abraço,

Jorge Cerqueira
www.jmaratona.com

Dani disse...

Oi Cau, adorei a sua história e persistência, afinal de contas, o começo é bem difícil mesmo.
Bjos e bons treinos,
Dani
http://correndoemagrecendo.blogspot.com/

~..~ Cau ~..~ disse...

obrigada pelos comentários, fábio, cláudio, jorge e dani!
esta trajetória não começou da melhor maneira, mas foi a maneira que eu consegui.
vocês amigos corredores são a minha inspiração, com quem aprendo todos os dias!

Anônimo disse...

oi Claudia....

parabens por mais uma vitoria!!!
Rafael, Josenilda e Katy